Os bastidores do marketing de atração fatal: um thriller emocionante

19 Outubro, 2018
Posted in Estratégias
19 Outubro, 2018 ricardo

O marketing de atração, fatal ou não, é a metodologia a utilizar obrigatoriamente para chamar a atenção e fazer parte da vida dos clientes da sua marca. Atrair clientes é o objetivo de qualquer negócio com sustentabilidade a longo-prazo. Não o faça custe o que custar. Faça-o com um plano estrategicamente construído.

O que é o marketing de atração?

O inbound marketing refere-se a todas as estratégias de marketing determinadas em captar o interesse das pessoas. Por isso, tem em várias correntes essenciais como o neuromarketing e o marketing de conteúdo.

Objetivos
  • Atrair potenciais clientes de forma orgânica para o website ou loja online da sua marca;
  • Gerar tráfego;
  • Impulsionar a notoriedade da marca através da produção de conteúdo;
  • Diminuir o custo de aquisição de clientes por via da captação de leads orgânicos;
  • Desenvolvimento de conteúdo relevante, evergreen e que atraia tráfego de forma permanente e intemporal;
  • Melhorar o posicionamento orgânico da sua marca e dos seus conteúdos.
Jogo do gato e do rato

No inbound marketing ou marketing de atração não vai atrás do cliente. É o cliente que encontra a sua marca. De que forma? Pelo conteúdo que cria e partilha na web. O jogo do gato e do rato inverte. Existem regras essenciais e que implicam a compreensão do comportamento das pessoas na Internet. Logo, a psicologia tem um papel vital no sucesso ou fracasso das estratégias de inbound marketing.

Vantagens do inbound marketing
  • Medição dos resultados;
  • Identificação da quantidade e qualidade de potenciais clientes que a estratégia está a atrair a converter em tempo real;
  • Interação aberta e constante entre marca e clientes;
  • Transmissão permanente da mensagem da marca;
  • Geração de valor constante;
  • Aumento da relação de confiança e maior envolvimento.

Entre outras.

Os bastidores do marketing de atração fatal - um thriller emocionante-infografico-rockcontent
Fonte: rockcontent
Curiosidades sobre a origem do marketing de atração

1. Deriva da expressão em inglês ‘inbound marketing’.

2. Popularizou-se em 2006, a partir de um estudo dedicado ao comportamento das pessoas no ecossistema online.

3. Tem origem nos Estados Unidos da América.

4. É inversamente oposto ao marketing tradicional. Será?

5. O inbound marketing e o outbound marketing devem andar de mãos dadas.

6. Peter Druker, guru da consultoria de negócios, defende que a fundação dos princípios do Inbound Marketing remete para o conceito de Marketing de Permissão, de Seth Godin.

Processo de funcionamento do inbound marketing

Divide-se em 4 etapas:

  1. Atrair: deve criar conteúdo relevante e personalizado para atrair a atenção de potenciais clientes para os seus canais digitais, desde website a loja online e blogue, por exemplo. O objetivo-chave é transformar os consumidores em visitantes assíduos do canal através do qual o conteúdo é partilhado ou publicado. Tem inerente a vontade de criar uma comunidade forte e fiel.
  2. Converter: como o próprio verbo sugere, pretende-se converter o maior número possível de visitantes regulares em leads. Isto é, oportunidades de negócio geradas a partir do conteúdo produzido e que podem terminar em vendas. Dicas: criação de landing pages, formulários e CTAs ou apelos à ação).
  3. Vender: análise dos contactos reunidos e abordagem para conversão em venda. O tipo de relação entre marca e consumidor será determinante para o sucesso do negócio. O envio permanente de conteúdo úteis e personalizados é essencial para trabalhar esta relação de confiança.
  4. Encantar ou Fidelizar: a venda não é a última etapa no processo de marketing de inbound. Segue-se a fidelização. É um desafio exigente do século XXI: a capacidade de gerar novas oportunidades de negócio com o mesmo cliente numa linha temporal alargada.

O funil de vendas e a jornada do cliente devem ser sempre considerados no marketing de atração. Quais são as etapas do funil de vendas?

  • Topo – aprendizagem e descoberta = CONHECIMENTO.
  • Meio – consideração e intenção = CONSIDERAÇÃO.
  • Fundo – avaliação e decisão = AVALIAÇÃO.
  • Finalmente, a COMPRA.

marketing de atração-inbound-marketing-funil-de-vendas-digitalgreen-leads-jornada-do-consumidor

Sabe onde é que grande parte do seu público-alvo passa parte do tempo? No topo do funil de vendas. Isto significa que a produção de conteúdo é de facto chave para mais vendas.

Três pilares para um thriller emocionante:

  1. SEO – Search Engine Optimization.
  2. Marketing de conteúdo.
  3. Estratégia em redes sociais.

Leve o conteúdo certo à pessoa certa, na hora certa, no canal certo e no contexto certo.

Fale com a nossa equipa para ser um especialista na entrega de conteúdo e na recolha de relações fortes. Se não quer gorjetas, mas negócios a sério, explique-nos o seu projeto

Já viu as nossas sugestões de leitura para o Outono de 2018? Temos de tudo. Clique aqui para saber mais.

, , , , , , , , ,