Dê Sangue com Marketing Digital

14 Junho, 2019 Jean Silva

O Marketing Digital pode fazer diferença em várias áreas do nosso quotidiano, mesmo no que no que respeita à saúde.

Hoje, dia 14 de Junho, a Organização Mundial de Saúde comemora o Dia Mundial do Doador de Sangue e nós, vamos mostrar o que o Marketing Digital tem feito e continuará a fazer, para incentivar a sociedade a este nobre gesto que é doar sangue.

O maior desafio enfrentado pelas instituições de saúde é manter e incrementar a doação de sangue. Nesse contexto, compreender a motivação do doador voluntário é de elevadíssima importância.
As ações e orientações direcionadas para o doador são fundamentais quando se pensa em estratégia de marketing.

 

Apenas 14% dos jovens dão sangue

Em Portugal há colheitas suficientes para garantir a autossuficiência das transfusões, mas apenas uma pequena parte do sangue recolhido foi doado por jovens.

Há poucos dadores jovens (em 2014 eram 21 150 e em 2016 havia 17 mil), por esse motivo há que desenvolver ações para chamar este público.

O Instituto Português do Sangue e da Transplantação tem vindo a fazer ações nas universidades, praias, festas e outros locais onde se concentrem um maior número de pessoas (em férias por exemplo), para incentivar as gerações mais jovens à doação.

 

Estratégias espalhadas pelo Mundo

  • Na Suécia o doador de sangue recebe uma SMS quando salva uma vida, podendo partilhar no Twitter a mensagem que recebeu e assim motivar outras pessoas.

O serviço de mensagem dá ao doador um feedback positivo sobre este nobre gesto para com a sociedade, encorajando-o e incentivando-o a repetir a doação.

  • No Brasil, no dia do Doador de Sangue, uma empresa de táxis criou cupões de desconto para oferecer quem precisasse de se deslocar até aos centros de recolha de sangue;
  • Ainda no Brasil, criou-se uma ferramenta no Facebook que avisa os doadores quando os níveis dos bancos de sangue da área de residência, estão baixos. Quando isto acontece o doador de sangue recebe a mensagem “começar a ajudar agora”. A ação poderá ser publicada e partilhada com amigos de modo a incentivar outras pessoas a seguir o exemplo;
  • O Instituto de Hematologia do Rio de Janeiro, criou uma ação com artistas e youtubers chamada “TrocoLikesPorSangue” em que os doadores que publicassem uma foto do gesto, com a hashtag da campanha, teriam um like das celebridades;
  • No Japão existem dezenas de mascotes com características e histórias para criar empatia com a população e assim, apelar à doação de sangue. Um dos exemplares, usado pelo governo japonês, tem uma característica especial, as orelhas encolhem quando os níveis de sangue estão baixos. Nas histórias, esta mascote mora numa ilha em forma de coração, de onde sai num arco-íris para ajudar a quem precisa nos diversos pontos do país.
  • Em Portugal, no Serviço de Sangue do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, em semelhança do que acontece na Suécia, o utente recebe informação quando o seu sangue é usado para tratar um doente ou para salvar uma vida: “Caro(a) dador(a), o sangue da sua última colheita foi utilizado hoje para o tratamento de um doente. Muito obrigado”.

O lema do serviço é simples. “Não deve nunca ser o doente a ficar à espera do sangue, deve ser o sangue a esperar pelo doente”.

  • Existe também no CHVNG/E uma página de Facebook que é vista pelos doadores como uma fonte de informação, uma vez que através dela muitas pessoas tiram, de forma confidencial, dúvidas sobre dádivas de sangue. Mas funciona também como rede de interação, já que é frequente a partilha de fotos, de curiosidades e até de vídeos protagonizados por figuras públicas.
  • Ainda em Portugal, o Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM)  promove, anualmente, a tradicional festa dos dadores de sangue. O objetivo é sensibilizar o público para a necessidade da dádiva de sangue e agradecer aos voluntários as suas contribuições para salvar vidas. Nesta Festa são entregues diplomas e medalhas aos doadores.
  • Promoveu-se também uma campanha para dádiva de sangue junto da população mais jovem sob o lema “Junta-te ao Cristiano Ronaldo e ao SESARAM. Doa Sangue. Podes Salvar uma Vida.” Esta campanha intitula-se “BE THE ONE” e está centrada na figura do futebolista madeirense, o “Melhor do Mundo”.

A imagem da campanha foi reproduzida e publicitada pelas empresas de transportes públicos da Região Autónoma da Madeira, entre outras ações promocionais.

  • Organizou-se um Torneio Social e Solidário de Padel, sob o mote “Sangue é Vida”, que motivou a inscrição de novos dadores de sangue. Existem já alguns parceiros que já possuem grupos/colaboradores organizados que, em articulação com o serviço de sangue, efetuam as suas dádivas.
  • Também em Portugal, existem algumas apps para telemóvel que informam como ser doador de sangue, locais e horários. Aqui, os doadores têm acesso aos resultados das análises do sangue doado e outras notificações pessoais. Mais recentemente, criou-se um jogo onde, quem o divulga/partilha, ganha pontos que corresponderão a medalhas de mérito nas publicações de Facebook.

 

Benefícios para dadores de sangue em Portugal

  • Isenção das taxas moderadoras.
  • Falta justificada no emprego.
  • Seguro do dador.
  • Acessibilidade gratuita ao estacionamento dos estabelecimentos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), aquando da dádiva de sangue.
  • Monitorização. Sempre que damos sangue, obtemos a informação dos resultados das análises sabendo se foram ou não favoráveis. Mais informações em: http://ipst.pt/index.php/perguntas-frequentes

Este artigo foi útil para si? Então visite-nos em www.digitalgreen.pt e assim, poderá sempre contar com informações atualizadas sobre Marketing Digital.

 

Fontes: www.sns.gov.pt; www.doutorfinancas.pt; 24.sapo.pt; mundodomarketing.com.br; pplware.sapo.pt; www.dn.pt;  exame.abril.com.br; emais.estadao.com.br

, , , , , ,